Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • DORIVAL TEODORO BENTO - PSB
  • Vereadores
    14ª LEGISLATURA -2017-2020
    Presidente Atual
    DORIVAL TEODORO BENTO
Data: 13/05/2013 Hora: 17:00:00
Pontos Turisticos
Webline Sistemas

Turismo


    

http://www.tapiraionline.com/turismo/c/img_big/turismo%20(7).jpg

http://www.tapiraionline.com/turismo/c/img_big/turismo%20(11).jpg

http://www.tapiraionline.com/turismo/c/img_big/turismo%20(9).jpg


O cartão-postal da cidade é a Cachoeira do Chá, quando se depara com uma trilha em meio à Mata Atlântica, que leva o visitante à piscina natural e à queda principal, com mais de 30 metros. Ao longo de toda a trilha o Rio Corujas se mostra caudaloso, com curvas e belas quedas d’água, onde os adeptos do boiacross se divertem nos dias quentes. Existem ainda as águas da Cachoeira do Alecrim, as do Belchior, do Tombo, as do Tatú e também as do Limoeiro, sem contar as outras, que requerem maior disponibilidade graças às maiores distâncias e níveis de dificuldade. Para os que buscam aventuras, além o aqua-raid outro nome para o boiacross, pode-se também praticar cannyoning no Belchior, rapel na Fazenda e trekking e ainda, acampamento na mata. Para visitar a Cachoeira da Fita Branca ou o rio do Peixe onde as antas bebem água, somente com guia especializado, agendado previamente.

O clima do município oferece uma atração a mais. Durante o verão, os dias são bastante quentes e as noites, amenas. Já no inverno, o frio é rigoroso e tem em seu registro, temperaturas mínimas de 3 graus negativos (2000), registrados pela “Serra Verde Rádio Emissão”, instalada em Tapiraí. Curioso também é o seu fog londrino, a neblina densa que envolve a cidade durante várias vezes ao dia, do outono ao inverno, recobrindo as paisagens locais. Como guias, os Monitores Ambientais podem ser contratados para alguns roteiros já definidos em Tapiraí, através da Associação dos Monitores Ambientais de Tapiraí (AMATA).
A comunidade Ribeirão da Anta proporciona uma "volta ao passado", quando se depara com a produção de farinha, com o milho moído no monjolo com mais de 50 anos e cuidadosamente mantido pela família.
É lá também que se produz artesanato em taboa e madeira, como estiras e balaios e o tradicional pilão, ou se preferir, as trilhas também conduz o visitante à cachoeirinha, cercada de mata conservada. Depois das inúmeras descobertas em Tapiraí, há opções para todos os gostos nas Pousadas que acolhem o visitante. Para os que apreciam instalações rústicas, convive com animais e belas paisagens, o “Salve Floresta” será boa opção, poderá conhecer as Cachoeiras do Tombo e a do Tatu, trilhas bem conservadas, travessia do rio, trilha de casas de taipa e vista do Morro Pelado, um mirante deslumbrante em dias claros.
E a famosa fonte d'água conhecida como “Cabeça da Anta” (margem da SP 79), uma cabeça de anta em bronze.
Foi à valorização da espécie que deu o nome de Tapiraí à cidade, que em tupi-guarani significa "terra da anta”. Ela foi inaugurada em 1936 e traz a mensagem: "Quem beber desta água um dia voltará"

 

Os hotéis do Tutú e o Avenida, hospedam os viajantes no centro da cidade, na avenida central. O Hotel do Tutú, que também é restaurante, é conhecido pela popular bisteca, que é grande e muito saborosa.

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro



Próxima Sessão

Toda 1ª e 3ª

Segunda - Feira às 19:00 horas

Câmara Municipal de Tapiraí.

SALA DAS SESSÕES "VEREADOR ADOLPHO NIMTZ"